Notícias

Postado às 19h00 | 22 maio 2020 | Renova Mídia

Ministro sugere que 'vagabundos do STF' sejam colocados na cadeia

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, retirou sigilo, nesta sexta-feira (22), da gravação de reunião ministerial do último dia 22 de abril.

No vídeo, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, diz que odeia Brasília, o Partido Comunista Chinês e o termo “povos indígenas”.

“Só existe um povo: brasileiro”, enfatiza Weintraub.

“Brasília é um cancro… Eu por mim botava esses vagabundos todos na cadeia, começando pelo STF”, completou o titular do MEC.

O vídeo é parte do inquérito autorizado pelo decano do STF, a pedido da Procuradoria Geral da República (PGR), para apurar a acusação de Moro.

 

Foto: Marcelo Camargo / ABr

​ ​