Cidade

04 de agosto de 2022

Estudantes de Natal recebem ações educativas para ajudar no combate à violência contra a mulher

Agosto começou e, com ele, as ações que intensificam o enfrentamento e combate à violência contra a mulher.  No Rio Grande do Norte, a programação da campanha ‘Agosto Lilás’ já é uma realidade em sala de aula para crianças e adolescentes.

Até o fim do mês, estudantes matriculados em escolas estaduais da 1ª Diretoria Regional de Educação e da Cultura (Direc), em Natal, recebem orientações educativas sobre o tema. A iniciativa é uma parceria com o Projeto Rede de Proteção à Mulher, do curso de Direito da Universidade Potiguar (UnP).

Até o momento, a caravana já passou pela Escola Estadual Desembargador Floriano Cavalcanti (FloCa), na zona Sul, e Escola Estadual Winston Churchill, na zona Leste. A expectativa é “formar” cerca de cinco mil alunos de 20 instituições de ensino.

Composto por uma equipe de universitários, o projeto leva para as escolas, de forma gratuita, palestras com orientações que regem a Lei Maria da Penha, além das medidas protetivas e dos demais mecanismos de proteção às mulheres em situação de violência.

“O objetivo é intensificarmos a luta pela igualdade de gênero e promoção dos Direitos Humanos. Essa é uma luta que precisa começar desde cedo e, sem dúvidas, deve ser propagada nas escolas, para que também cheguem às famílias”, lembra o professor mestre em Direito e coordenador do projeto, Douglas Araújo.