Política

27 de maio de 2022

Bolsonaro se queixa de tratamento de Biden: "passou como se eu não existisse"

Jair Bolsonaro, que confirmou nesta quinta-feira (26) um encontro bilateral com Joe Biden, queixou-se do modo como o presidente dos EUA o tratou durante a reunião do G20.

O encontro entre os presidentes americano e brasileiro deve acontecer próximo à Cúpula das Américas, prevista para entre os dias 6 e 10 de junho em Los Angeles.

“Foi acertado, terei bilateral com ele, irei lá fazer valer o que o Brasil representa para o mundo. Eu estava propenso a não comparecer”, afirmou Bolsonaro, acrescentando: 
“Encontrei com ele no G20, passou como se eu não existisse. Foi tratamento dele com todo mundo, não sei se é a idade”.

O presidente também disse que a relação da Casa Branca com o Brasil mudou depois que Biden assumiu o lugar de seu querido Donald Trump.

“Ele [Biden] enviou uma pessoa especialmente para conversar comigo e ali eu botei as cartas na mesa. Estava o pessoal do Itamaraty presente, eu falei da mudança do comportamento dos EUA para com o Brasil quando o Biden assumiu. Com o Trump estava indo muito bem. Quando entrou o Biden, de minha parte não mudei política com ele.” 

Com informações de O Antagonista