Cidade

20 de maio de 2022

Empreendedora lança loja virtual de café e conquista consumidores

Depois da maternidade, Flávia Maria Fiorenza resolveu largar o Direito, depois de 14 anos, para empreender. A decisão não foi fácil. Em 2019, ela se formalizou como Microempreendedora Individual (MEI) e lançou o Cafeine-me, um e-commerce de café especial.

A empresária conta que, desde o início, a Cafeine-me foi pensada para o mundo digital – ela montou o site da marca e apostou nas redes sociais para fazer a divulgação. A estratégia deu certo. O consumidor pode comprar de forma espontânea ou fazer uma assinatura mensal: são três tipos, que variam de acordo com a qualidade do grão do café especial. “Desde o café do dia a dia até um café para quem tem o sensorial um pouco mais aprimorado. O café vai mudando de nota dentro do plano”, explica.

Atualmente, o Cafeine-me tem 90 assinaturas – compostas majoritariamente, segundo Flávia, por mulheres. A maioria dos consumidores mora em Florianópolis e na região metropolitana. Flávia compra direto dos produtores de Minas Gerais. Ela seleciona o grão, faz a negociação e recebe o café já torrado. Todo café vendido pela empresa é do tipo especial, de edições limitadas e com lotes exclusivos.