Saúde e Afins

Postado às 08h45 | 03 fevereiro 2020 |

Emagrecedor que elimina 5x mais gordura da barriga é aprovado pela Anvisa

Emagrecer não é fácil, mas sofrer com gordura localizada e ser obrigado a conviver com a desilusão de não ter o corpo dos seus sonhos, é pior ainda.

Um extrato natural desenvolvido nos Estados Unidos, que elimina até 2kg de gordura visceral por semana foi aprovado pela Anvisa e virou febre de vendas entre brasileiros que buscam emagrecer rápido e com saúde.

Pesquisadores americanos foram capazes de encontrar 2 plantas ricas em uma fonte de fibras raras, que aceleravam o processo de diluição de camadas de gordura pelas fezes, o que diretamente aumentava em 5x a eliminação de gordura visceral da barriga.

A descoberta ganhou fama nos Estados Unidos e na Europa, após o extrato natural Meratrim ser usado em um reality show de emagrecimento.

Só quem passa a mão na barriga e sente a gordura localizada predominante, sabe como é ruim o sentimento de que "deve ser quase impossível" eliminar esse peso.

Olhar no espelho sem camiseta é quase uma automutilação para a autoestima, pior ainda é a dificuldade em comprar roupas, para que naquela foto de família, você segure todo o ar para "parecer mais magro".

Isso não é vida, ninguém merece viver com gordura na barriga que parece impossível de ir embora, sem poder sentir a auto-confiança de ter um corpo bonito.

É horrível se sentir com o corpo feio, não se sentir desejado por outras pessoas, e ainda ser obrigado a ouvir comentários e apelidos maldosos a respeito do peso.

Após entrar na beira da depressão profunda, pesando mais de 103kg, a assistente social Vanessa Barbosa, de 36 anos, estava prestes a gastar todo o dinheiro de sua poupança em uma cirurgia bariátrica, até que descobriu essa fórmula extraída de 2 fontes de fibras puras, recém liberada pela Anvisa no Brasil.

Extrato elimina 71% da gordura localizada na barriga sem eliminar músculos

A fama de emagrecedores no Brasil não é muito boa, devido a fórmulas fracas que não ativam mecanismos de quebra de triglicerídeos, e se dizem a solução para a eliminação de peso.

A solução também está longe de ser cirurgia bariátrica ou lipoaspiração, e em alguns casos fazer academia pode parecer cansativo, tedioso e caro.

Na verdade, um emagrecedor eficaz, deve se basear unicamente na Lipólise, o que atualmente, o Meratrim (desenvolvido nos EUA, recém aprovado na Anvisa) faz com alta concentração.

A gordura armazenada na barriga, que fica localizada e parece impossível de eliminar, na verdade é um armazenamento de energia do corpo, que guarda camadas de gordura como forma de manter o ciclo de queima calória diária em dia, o problema é que parar de comer não faz perder a barriga, por outro lado, se comer, ela aumenta.

E é aí que começa a dúvida... Então, o que fazer?

O extrato de Meratrim ativa a Lipólise do emagrecimento rápido e saudável, ou seja, a fórmula natural ativa a impulsão de ácido graxos que queimam camadas de gordura 5x mais do que exercícios comuns, como uma simples caminhada.

Essa ação de Meratrim, é recebida pelo corpo em 2 níveis.

  1. O extrato de Meratrim preenche o estomago com um "gel" sugador de células adiposas, que divide os triglicérides e elimina junto com a gordura localizada através das fezes e urina.
  2. A respiração passa a ser o principal fator de emagrecimento, mesmo que você esteja sentado vendo TV, ou trabalhando, a ação da Lipólise estará acontecendo no seu corpo, naturalmente e sem efeitos colaterais.

Meratrim chegou ao Brasil e já eliminou gordura de mais de 8 mil brasileiros

O quê possui de diferente nessa fórmula que fez a Anvisa liberar no Brasil?

Estudos realizados pela Unicamp, revelaram que o extrato de fibras de Meratrim possui a capacidade de dividir células de gordura com 5x mais intensidade do que um exercício de média queima calórica, como uma caminhada.

Isso porque o extrato natural de Meratrim ativa a saciedade, ao mesmo tempo em que age diretamente na quebra de triglicérides que se acumulam na gordura abdominal, causando aspecto de inchaço na barriga.

É por esse motivo, que Meratrim ganhou o apelido de "Lipoaspiração em cápsulas", pois ele age em maior frequência na queima diretamente daquela gordurinha chata de sair da barriga.

O modo de usar é simples e funciona para homens e mulheres da mesma forma.

  1. A Anvisa recomenda o tratamento de Meratrim para no mínimo 3 meses, para que o resultado seja permanente e o corpo se acostume com a rotina de emagrecimento inteligente de quebra de triglicérides de gordura.
  2. Pesquisadores aconselham a ingestão de pelo menos 1 litro de água por dia, para acelerar o processo de saciedade, aliado a eliminação das camadas de gordura que foram sugadas pelas fibras, através da urina e fezes.
  3. A fórmula natural de Meratrim é comercializada nos Estados Unidos há mais de 8 anos, e lá emagreceu mais de 50 mil pessoas ao redor do mundo. Tudo isso em uma fórmula 100% natural, sem efeitos colaterais, sem cafeína. Podendo ser consumida por homens e mulheres de todas as idades.

O processo de emagrecimento durante o tratamento de Meratrim acontece de forma natural e rápida, seguindo estágios saudáveis da Lipólise, queimando células gordurosas principalmente da barriga, e áreas com maior concentração de pura gordura no corpo.

Meratrim atualmente é comercializado em mais de 12 países, sendo os Estados Unidos, o principal mercado consumidor. A população americana combate a obesidade e os perigos da gordura visceral com compostos naturais similares ao Meratrim, por esse motivo, a Anvisa achou ideal liberar a fórmula no Brasil, para que brasileiros pudessem se beneficiar desta forma de eliminação de gordura, em busca do corpo dos sonhos.

A revista Hora da Vida, conversou com a empresa responsável pela venda de Meratrim no Brasil, pedimos um desconto para nossos leitores.

Somente para leitores dessa reportagem, foi liberado até 67% de desconto para o tratamento completo com Meratrim. Além disso, Frete Grátis para todo o Brasil.

Seguindo o exemplo da Vanessa Barbosa, cliente de Meratrim que enviou seu antes e depois para essa reportagem, você pode emagrecer e eliminar a barriga para conquistar seu tão sonhado corpo de capa de revista, ou simplesmente se sentir melhor podendo comprar e vestir qualquer roupa.

Postado às 09h00 | 30 janeiro 2020 |

Fórmula anti-calvície ativa crescimento 8x mais rápido de cabelo nas entradas

"A queda de cabelos afeta a autoestima, é horrível ver a careca aparecendo e sentir a idade chegando. A Universidade de Stanford descobriu um extrato ultra concentrado de pura biotina, extraído de plantas indígenas, que são capazes de ativar um crescimento capilar 8x mais rápido que Minoxidil, fórmula anti-calvície já chegou ao Brasil". Dr. Roberto Zanin

Não é fácil ficar careca, as entradas aumentam na mesma proporção que sua aparência de mais velho, afinal, a calvície realmente faz qualquer um parecer até 15 mais velho.

O comerciante Arnaldo Guedes, de 47 anos, estava ficando completamente careca e estava com a autoestima péssima até descobrir uma fórmula feita de extratos indígenas para reverter a calvície. Segundo ele os resultados foram melhores do que quando usou Minoxidil e Finasterida. Com essa fórmula indígena ele ganhou cerca de 1.200 fios por semana.

Essa fórmula ficou conhecida no mundo inteiro por reverter a calvície, e ganhou o apelido de "cura definitiva para carecas".

A fórmula usada por Arnaldo, foi desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, após estudos baseados na alimentação de uma tribo indígena norte-americana que apresentava cabelos longos e fortes até o fim de suas vidas.

O tratamento é simples e rápido, requer a ingestão de 2 pílulas ao dia, como forma de ativar mecanismos naturais do couro cabeludo que ativam folículos pilosos que haviam sido bloqueados pelo hormônio DHT, conhecido como "hormônio da queda de cabelo".

Ervas indígenas ativam crescimento capilar 8x mais rápido que Minoxidil

O número de brasileiros diagnosticados com calvície cresceu 61,8% nos últimos 10 anos, passando de 16 milhões em 2008 para 42 milhões em 2019 e de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A queda de cabelo é um mal que atinge 42 milhões de brasileiros, isso quer dizer que 1 em cada 5 brasileiros sofre com queda de cabelo.

O principal fator causador da calvície e alopecia é o hormônio DHT, conhecido entre dermatologistas como "O Hormônio da queda de cabelos", e uma descoberta realizada por cientistas da Universidade de Stanford, pode finalmente colocar um fim na calvície.

Cientistas descobriram que homens naturalmente produzem mais DHT, e que esse hormônio é ótimo para o crescimento de pelos faciais, mas fatal para o cabelo. Além disso esse hormônio é transmitido geneticamente, através do gene

materno.

O alvo da pesquisa foram ervas indígenas que são capazes de desbloquear enzimas que aceleram a queda de cabelo, e "congelam" a ação do hormônio DHT, aumentando o crescimento de folículos capilares e devolvendo o "cabelão da adolescência" de volta.

Fórmula indígena reverte DHT e cresce 1.200 fios por semana nas entradas da careca

A nova fórmula indígena para crescer cabelo, desenvolvida nos Estados unidos foi recém aprovada no Brasil pela Anvisa, possui resultados comprovados no desbloqueio de folículos capilares.

"Não são apenas os estudos que dizem isso, nos Estados Unidos 81% das pessoas que usaram essa fórmula, tiveram resultados visíveis na reversão da calvície em pouco mais de 40 dias." - Segundo PhD Dr. Michael Kaplitt, da Weill Cornell Medicine, essa fórmula poderá substituir completamente implantes capilares nos próximos anos.

Para a maioria das pessoas a perda de cabelo é causada por um hormônio em particular chamado Di-hidrotestosterona, ou DHT. Isso é verdade tanto para homens quanto para mulheres. É comumente conhecido como o "hormônio da perda de cabelo".

Esse tratamento foi descoberto nos Estados Unidos, em uma carta deixada por um mestre indígena que revelava o segredo dos cabelos fortes e longos de sua tribo.

Desde que o tratamento teve seu primeiro teste, nos laboratórios de Berkeley (EUA), os resultados tiveram melhoras substanciais, capazes de produzir resultados satisfatórios e ganhar o título de "remédio natural contra a queda de cabelos"

A fórmula natural indígena chegou ao Brasil em 2019, e foi distribuída para laboratórios oficiais como fim de teste. Um dos brasileiros que conseguiu uma das primeiras doses em cápsulas, foi Arnaldo Guedes.

Arnaldo conta que já havia tentado de tudo para fazer seu cabelo voltar a crescer, e que já estava com a auto-estima no fundo do poço em achar que ficaria careca pelo resto de sua vida.

Após tentar de tudo para acabar com a queda de cabelos, ele finalmente ativou a liberação de folículos capilares e viu seu couro cabeludo encher com novos fios, graças a amostra desse "remédio natural".

Ele não ficou gastando mensalmente com sessões de implantes "fio por fio", que doem e prejudicam a saúde do couro cabeludo.

Nada disso.

Na verdade, ele seguiu apenas dois passos simples e baratos, que qualquer pessoa comum pode fazer:

  1. Aumentou a ingestão de água (antes ele tomava 500ml por dia, agora toma 1,5L)
  2. Começou a tomar 2 vezes ao dia de uma mistura de ervas e plantas medicinais recém aprovadas pela Anvisa, que segundo estudos científicos, possuem a propriedade de ativar folículos capilares e aumentar crescimento do cabelo e custam menos de R$ 30,00 por mês.

Essa combinação de ervas e plantas medicinais raras, é capaz de criar esse "remédio natural", conhecido comercialmente como Anigi (nome dado em homenagem a tribo indígena que revelou o segredo)

Apesar de novo, o Anigi já foi aprovado por 14 estudos científicos, já foi liberado para uso em 44 países e já cresceu o cabelo de 1.8 milhões de homens e mulheres no mundo.

A fórmula chegou ao Brasil em janeiro de 2019, e de acordo com a empresa responsável pela distribuição do produto, existe uma lista de espera com mais de 13.300 mulheres e homens para receber o segundo lote dessa pílula rara, que já está em processo de produção.

Arnaldo tomou por 3 meses a fórmula indígena que reverte a calvície e ativa folículos

Entramos em contato com o comerciante de Guarulhos/SP, Arnaldo Guedes, que fez uso de Anigi. Confira a entrevista abaixo:

Redação: Arnaldo, você ficou muito conhecido por ser um dos primeiros brasileiros a fazer uso da fórmula de crescimento capilar Anigi, pode nos contar como aconteceu?

Arnaldo Guedes: "Sim, claro! Eu tenho um pequeno comércio de ferramentas em Guarulhos, e meu apelido era "Carecão", no começo eu não ligava, mas depois começou a me fazer mal o apelido. Minha própria esposa falou que eu estava ficando muito careca, e que precisava fazer algo a respeito. Fui até um laboratório perto da minha casa, fazer alguns exames para ver se estava com alguma falta de vitamina, e lá descobri que eles tinham acabado de receber amostras de uma fórmula descoberta nos Estados Unidos, que usava uma composição de ervas indígenas para crescer o cabelo."

Redação: Mas Arnaldo, você já tinha tentado algum método para se crescer seu cabelo antes?

Arnaldo Guedes: "Eu tinha tentado shampoos, gastei uma fortuna com eles, com aqueles que falam que nasce cabelo, sabe? O problema é que os efeitos colaterais estavam acabando ainda mais com os poucos fios que eu tinha na cabeça. A situação estava feia viu...

Redação: Como você conheceu esse novo tratamento?

Arnaldo Guedes: "Graças ao laboratório perto da minha casa, eles tinham acabado de receber o Anigi, em algumas amostras. Eu queria uma solução definitiva para meu cabelo. Vi que o melhor jeito de acabar com a a queda de cabelo, ao mesmo tempo que secava a oleosidade do couro cabeludo. Foi muito difícil achar o Anigi no Brasil, você não tem nem ideia...

Redação: Como assim difícil? Você poderia explicar mais?

Arnaldo Guedes: "Claro! No Brasil, as farmácias não nos vendem produtos com as vitaminas que Anigi tem, porque os ingredientes são muito raros e difíceis de encontrar, o que você encontra em farmácias são remédios que na maioria das vezes não funciona nada.

Postado às 09h00 | 29 janeiro 2020 |

Especialista orienta sobre o que fazer em caso de água no ouvido

Ao sair da piscina, do banho ou do mar, pode ser comum a água no ouvido ser o incômodo de muita gente. O que pode se tornar um agravante é a maneira de solucionar esse quadro. O otorrinolaringologista Pedro Cavalcanti, do Hapvida Saúde, recomenda soluções comuns já realizadas pela população.

''As manobras que são feitas, de virar a cabeça de lado e puxar a orelha pra trás e para cima, são soluções imediatas. Além de pulinhos ou tapinhas do lado oposto da cabeça também serem bastante frequentes''. 

Se o abafamento e o problema persistirem, a água no ouvido é um alerta para os cuidados como explica o especialista. ''Se os métodos que foram feitos não solucionar o incômodo pode pingar duas gotinhas de álcool, aguardar cerca de 5 segundos e depois virar a cabeça para a água no ouvido sair''. 

Os cuidados precisam ser redobrados, caso repita os procedimentos algumas vezes e não conseguir solucionar. Em determinados casos, as soluções caseiras podem ser arriscadas e causar infecções. Então, o ideal é procurar um médico otorrinolaringologista. 

''A dor irá surgir quando ocorrer inflamações causadas pela proliferação de bactérias no ouvido. É preciso atenção porque qualquer manuseio errado pode causar infecção. Por isso, a prevenção é sempre o melhor remédio'', finaliza o médico.

Postado às 09h00 | 29 janeiro 2020 |

Especialista alerta para prevenção de dengue e síndromes gripais

O período de chuvas começa a se intensificar em boa parte do Brasil, principalmente nas regiões Norte e Nordeste devido aos fatores climáticos das regiões, e algumas doenças como as Síndromes gripais (Influenza A (H1N1) e Influenza B), doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, (dengue, zika e chikungunya), são motivos de preocupação para a maioria da população, principalmente a que mora em áreas afetadas pelo grande volume de águas. 

De acordo com o Superintendente Nacional de Rede Própria do Hapvida, Anderson Nascimento, essas são doenças graves que todos os anos acometem a população e precisam de cuidados, isso porque elas podem ser confundidas com os sintomas da gripe, gerando complicações no quadro, caso não sejam tratadas. “É de fundamental importância a população reconhecer os sintomas dessas doenças e buscar atendimento médico. Os principais sintomas se manifestam, principalmente, através de dores no corpo, febre, tosse, desânimo, dor atrás dos olhos, dor de cabeça e dor de garganta. Nas crianças, pode ocorrer coriza (secreção no nariz), olhos lacrimejando e tosse. Procurar uma unidade de saúde o mais breve possível pode salvar vidas”, explica o médico.

O especialista afirma que é necessário redobrar a atenção durante o regime de chuvas e tomar as devidas precauções. “Caso o paciente tenha apresentado algum desses sintomas e tenha sido medicado no centro médico, mas não apresentou melhoras, a recomendação é voltar rapidamente para o hospital, fazer os exames necessários para que seja possível diagnosticar a enfermidade de forma acertada e ficar em observação”, esclarece Anderson.

Além disso, Anderson alerta para o público jovem estar mais atento aos sintomas e buscar atendimento médico, haja vista que essa população não se encontra no grupo prioritário de vacinação, mas quando são acometidos pelas doenças podem sofrer danos irreversíveis.

 Prevenção

O médico garante que alguns cuidados básicos podem contribuir para se prevenir dessas doenças, principalmente da dengue. “Medidas simples como usar telas nas portas e janelas, evitar o acúmulo de água em recipientes e pneus, limpar calhas, piscinas e aquários e colocar areia nos vasos de plantas, são ações importantes para proteger todos da casa contra o mosquito causador da dengue. É fundamental também as famílias criarem uma rotina semanal de checar os reservatórios para evitar criadouros dentro do mosquito nas casas”, destaca Anderson.

Com relação às síndromes gripais, o especialista explica que transmissão pode ocorrer através das secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, espirrar e tossir ou por meio das mãos (tocando boca, nariz e olhos) após contato com locais contaminados.

Por isso, as recomendações para se prevenir são: não compartilhar alimentos, copos toalhas e objetos de uso pessoal; lavar as mãos frequentemente com água e sabão, especialmente depois de tossir ou espirrar; e procurar um médico ou unidade de saúde mais próxima em caso de gripe para diagnóstico.

A influenza é uma doença transmitida através do vírus influenza e provoca febre, dores de garganta e outros sintomas. A influenza é uma doença sazonal, mais comum no inverno, que causa epidemias anuais, podendo haver anos com maior ou menor intensidade de circulação de vírus influenza. Os sintomas da influenza A aparecem entre 3 e 7 dias após contato com o vírus. Existem outros tipos de influenza que podem trazer danos à saúde.

Já a dengue é uma doença infecciosa causada por um arbovírus (existem quatro tipos diferentes de vírus da dengue transmitidas pelo Aedes aegypti: sorotipos 1, 2, 3 e 4), que ocorre principalmente em áreas tropicais e subtropicais do mundo, inclusive no Brasil. As epidemias geralmente ocorrem no verão, durante ou imediatamente após períodos chuvosos.

 

Postado às 09h15 | 24 janeiro 2020 |

Febre do Gourmet: até onde vale a pena?

O termo gourmet virou uma verdadeira febre nacional e, cada vez mais, está dominando o mercado da gastronomia. Mas nem tudo é o que parece, pois a fabricação de um produto gourmet, exige um alto investimento. Saiba até quando a febre das empresas gourmet pode valer a pena e quando por ser uma furada. Veja o que a MetLife abordou sobre o assunto e não se deixe enganar pela sensação do momento. 

O que faz um produto ser gourmet? 

Para a fabricação de um produto genuinamente gourmet, é necessário preencher 3 requisitos básicos: os ingredientes precisam de ser altíssima qualidade; o sabor deve ser fresco, passando a sensação de que foi feito na hora; a apresentação deve ser perfeita e chamativa. 

O problema é que para você fabricar um produto com essas características, um alto investimento é necessário, o que nem sempre traz um retorno satisfatório, dependendo do tipo de negócio. Muitas pessoas não fazem questão de um produto gourmet e optam pelo tradicional, que é mais barato.  

Paleterias, hamburguerias e brigadeiros gourmet: será que valem à pena? 

Isso é muito relativo, pois vários fatores devem ser levados em consideração. Se você tem um público fiel aos seus produtos gourmet e que compram com bastante frequência, pode ser um investimento interessante, pois o retorno costuma ser satisfatório. Se sua hamburgueria gourmet já existe há muito tempo e tem uma boa clientela fixa, pode valer a pena. Caso contrário, não justifica começar do zero! 

Na verdade, tudo vai depender do ramo de negócio que você pretende atuar. As paleterias, por exemplo, já fizeram muito sucesso anos atrás e estão perdendo espaço no mercado ou sendo incorporados a outros produtos. Os brigadeiros gourmet já tiveram sua era de ouro e agora sobrevivem. A questão é que, às vezes, o investimento não compensa o retorno. 

O preço de um produto gourmet é mais caro do que o tradicional 

Em época de reflexos da crise econômica, qualquer tipo de economia é bem-vinda. E isso inclui na hora da alimentação. O principal desafio que uma empresa que fabrica produtos gourmet enfrenta é a concorrência. Os preços desses produtos precisam ser mais caros, por causa da sua qualidade de fabricação. Se não for dessa forma, o empresário não terá lucro. 

O grande problema é que milhares de pessoas, com o objetivo de economizar, estão dando preferência aos produtos tradicionais que, apesar da qualidade de fabricação inferior, têm preços são mais em conta. Além disso, para os leigos de plantão, o sabor é praticamente o mesmo, o que não compensa pagar até 3 vezes mais por um produto gourmet. 

Dessa forma, caso você esteja pensando em abrir uma empresa gourmet, pense bem sobre qual ramo de negócio vai investir e estude bastante o mercado. Afinal, você precisa de clientes para sobreviver e se eles não existem, seu negócio não se justifica! 

Postado às 09h00 | 24 janeiro 2020 |

7 alimentos que são bons para os dentes de adultos e crianças

Atualmente, milhares de pessoas prezam em ter mais saúde e qualidade de vida, afinal de contas, vivemos em um mundo moderno. Quando se fala em saúde dos dentes, diversos alimentos são verdadeiros aliados de uma dentição perfeita e saudável de adultos e crianças. E isso pode dizer muito sobre o estado geral de saúde de uma pessoa.  

Nós da MetLife não medimos esforços para lhe oferecer bem estar e uma vida plena, além de estarmos sempre ao seu lado. Por isso, você vai conhecer 7 alimentos bons para os dentes de adultos e crianças para começar a incluí-los na sua dieta e ter uma boca saudável sempre.  

Laticínios 

Leite, queijo e iogurte são alimentos ricos em cálcio e fósforo, que são minerais essenciais para a formação estrutural dos dentes e excelentes para se ter ossos fortes e saudáveis. Os laticínios também possuem proteínas que diminuem a acidez da boca e protegem o esmalte dentário contra o desgaste, que é a sua maior proteção contra diversos problemas.  

Peixes 

Salmão, sardinha, atum, além de serem ótimas fontes de cálcio, também são alimentos ricos em vitamina D, que atua diretamente na absorção e fixação do cálcio nos ossos. Por isso, esses peixes são excelentes fortificantes dos dentes e devem ser consumidos, pelo menos, três vezes por semana. 

Chicletes sem açúcar 

Pode até parecer estranho, mas os chicletes sem açúcar aumentam a quantidade de saliva na boca, neutralizando a acidez após as refeições. Além disso, um chicletes sem açúcar de boa qualidade protege o esmalte dos dentes contra cáries e demais problemas bucais. Mas o seu consumo deve ser moderado.  

Chá verde 

O chá verde possui catequina, que é um poderoso antioxidante que diminui a incidência das cáries e impede a formação de placas bacterianas nos dentes. Adultos e crianças podem tomar essa bebida todos os dias.  

Maçã 

A maçã libera ácidos na boca que favorecem a digestão dos alimentos. Além disso, ela é rica em fibras que promovem a limpeza dos dentes durante a mastigação. A maçã é conhecida por ser o “detergente” da nossa boca. Essa fruta deve ser consumida diariamente, principalmente pelas crianças.  

Cenoura 

Muita gente não gosta dela. Mas você sabia que a cenoura promove uma eficaz limpeza dos dentes e favorece a higienização da nossa boca? Além de ser fonte de diversos nutrientes, adultos e crianças devem consumi-la diariamente para ter uma boca saudável.  

Linhaça 

A linhaça é rica em ômega 3, que é um nutriente que aumenta a defesa imunológica do nosso organismo contra inflamações e infecções diversas, além de ajudar a diminuir a inflamação bucal. A quantidade diária recomendada é 1 a 2 colheres de sopa.  

​ ​