Arquivo SA

Postado às 07h45 | 10 março 2020 |

COSERN REFORÇA ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA PARA PREVENIR ACIDENTES COM ENERGIA

O período chuvoso que estamos vivenciando em todo Rio Grande do Norte requer maior atenção quanto ao uso da energia elétrica tanto dentro das nossas residências quanto ao ar livre.

Tudo porque esse tipo de condição climática costuma vir acompanhado por ventos, que podem lançar galhos de árvores, pedaços de panos, plásticos e outros objetos na fiação, provocando ocorrências, e também pode haver aumento das descargas atmosféricas (raios).

Nesse período chuvoso, a Cosern reforça suas equipes de plantão e redobra as ações de manutenção preventivas no sistema elétrico (como poda de árvores, por exemplo).

Mas é sempre importante ressaltar, junto à população, algumas orientações de segurança para prevenir acidentes com eletricidade.

Não ligue equipamentos elétricos se você estiver molhado ou descalço;

Em caso de choque elétrico dentro de casa, desligue IMEDIATAMENTE o disjuntor;

Desconecte das tomadas, com segurança, os aparelhos eletrônicos que não estiverem sendo usados;

Se perceber que as paredes da casa estão úmidas, evite o contato com elas e não ligue equipamentos elétricos em tomadas instaladas ali, pois elas podem ser fonte de choques (veja dica acima) e mau funcionamento de equipamentos;

Não seque roupas na parte de trás da geladeira. Isso representa risco de choque elétrico e pode danificar o equipamento;

Ao ar livre, sempre mantenha distância da rede elétrica, independente se estiver chovendo ou não;

Evite ficar em áreas descampadas (abertas) como campos de futebol, piscina, lagos, lagoas, praias, árvores, postes, mastros e locais elevados. Recomenda-se ficar dentro de casa ou em local abrigado durante a chuva;

Não fique debaixo de árvores e/ou estruturas metálicas durante temporais com raios e, em casa, evite o contato com objetos com estrutura metálica como fogão, canos, etc., sobretudo se a casa estiver em campo aberto;

Não realize serviços como instalação ou manutenção de antenas em locais onde o risco de exposição aos raios seja maior;

Não instale, desligue ou remova antenas se estiver chovendo. Se sua antena cair sobre a rede ou próximo a ela, nunca tente segurá-la ou recuperá-la;

Caso encontre um fio caído, jamais se aproxime e ligue imediatamente para o116 da Cosern.

Postado às 07h45 | 06 março 2020 |

Final de semana com boa música

No próximo final de tarde de domingo, no projeto Som da Mata, vai acontecer o encontro entre dois grandes nomes da guitarra potiguar: Roberto Taufic e Jubileu Filho, duas diferentes gerações, dois percursos paralelos repletos de grandes experiências nos palcos e estúdios do Brasil e do mundo.

A guitarra é um dos instrumentos mais versáteis que existe. Do Rock ao Jazz, do Pop à Música Popular Brasileira e nas mais diversas culturas ela é usada para enriquecer e colorir qualquer contexto musical. Foi pensando nisso que Roberto e Jubileu escolheram um repertório variado onde os diferentes estilos e a riqueza tímbrica da guitarra pudesse colorir os espaços sonoros com elegância e bom gosto, marcas registradas desses dois grandes músicos potiguares.

Para completar esta aquarela musical, contam com a presença de um dos baixistas mais experientes do panorama nacional, Erick Firmino, além de Darlan Marley, baterista de extremo bom gosto e musicalidade, importante referência para os bateristas do panorama brasileiro atual.

Cor das Cordas é o nome deste show em que Roberto Taufic, Jubileu Filho, Erick Firmino e Darlan Marley sobem ao palco do Anfiteatro Pau-brasil, no Parque das Dunas, para compartilharem o que mais os realizam: a música e a amizade!

Show: Cor das Cordas - Roberto Taufic & Jubileu Filho
Local: Anfiteatro Pau-brasil | Parque das Dunas
End: Av. Alexandrino de Alencar, s/nº - Tirol - Natal - RN
Dia: 08 de março - domingo
Hora: 16h30

Postado às 07h45 | 06 março 2020 |

Jovens exercem democracia em eleição escolar


As lições de cidadania, como a compreensão de direitos e deveres, e até mesmo o exercício da ética na sociedade, fazem parte dos objetivos do Ministério da Educação (MEC) e do Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União (CGU), desde 2018, quando anunciaram uma parceria para expandir o projeto de Educação Cidadã. No Colégio das Neves, em Natal, a cidadania é exercida na prática há mais de 45 anos, quando foi fundado o Centro Cívico Estudantil Madre Auxiliadora Nóbrega de Almeida (CCE-MANA). Mas mesmo antes da fundação do Centro Cívico, a escola sempre contou com outros órgãos colegiados que tratavam da cidadania.

O processo de eleições é levado a sério e tem o próprio regulamento registrado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN). A votação para a gestão 2020 será realizada nesta sexta-feira (6), em um sistema online desenvolvido especialmente para o pleito.

O Centro Cívico funciona como um Grêmio Escolar, com a diferença de ter um processo eleitoral mais consistente. Nele, os candidatos precisam apresentar um projeto de gestão com propostas que melhoram a vida acadêmica dos alunos e de toda a comunidade escolar. A eleição geralmente é disputada entre duas chapas, que além de apresentarem propostas, fazem uma verdadeira campanha para angariar votos.
 
Para a coordenadora Ana Régis, o formato do CCE-MANA dá oportunidade aos alunos de serem protagonistas, pensando em propostas relevantes para o Colégio. “A escola tem esse olhar para a política estudantil e isso é importante porque revela a essência do aluno e seu compromisso com o colégio, pensando em deixar um legado no lugar em que eles passam tantos momentos de sua vida", afirma.

A campanha iniciou na segunda-feira (2) e segue até o dia da votação. Na programação das chapas, são inclusos os momentos de campanha no intervalo das aulas, e um grande debate, que ocorre na quinta (5). A eleição acontece em seções instaladas nos prédios da escola e é totalmente eletrônica. A apuração e resultado saem no mesmo dia. A desposse da gestão atual e posse da chapa eleita acontecem no dia 24 de março, no auditório do Colégio das Neves.

O aluno Pedro Otávio é candidato à presidência do Centro Cívico pela chapa Afinco. Para ele, participar de uma organização estudantil é poder mostrar na prática a capacidade dos jovens na construção da sociedade. “Esse processo enaltece o protagonismo juvenil, nos incentiva a querer construir um bom plano para o ambiente em que vivemos e a fazer isso também no futuro”, explica.

Maria Luíza está do outro lado da disputa e é candidata a presidente do CCE pela chapa Lumos. Segundo ela, as eleições são importantes para formar os alunos como cidadãos. "Em momentos como esse a gente percebe a importância de um voto, da eleição, afinal, aqui se formam muito mais que alunos, mas pessoas cidadãs e conscientes com o seu papel social", conta.

Apesar da rivalidade, os estudantes que compõem as duas chapas têm em comum o propósito de fazer algo significativo pelos alunos e pela instituição. Assim, aprendem boas lições exercendo a democracia escolar.

De acordo com a Irmã Marli Araújo, diretora da escola, o processo eleitoral tem esse papel há muito tempo. "Há mais de 40 anos o colégio tem em mente que o Centro Cívico é uma oportunidade de despertar o senso de liderança dos alunos, o sentimento de coletividade floresce e uma disputa saudável e autônoma acontece. Também é uma oportunidade de fortalecer neles a cidadania e o cumprimento de regras", explica a gestora.

Postado às 07h45 | 06 março 2020 |

Para inserir as mulheres na música, colaborar com o crescimento de artistas

Para inserir as mulheres na música, colaborar com o crescimento de artistas do gênero e ampliar a representatividade feminina na música potiguar, o projeto Samba pras Moças, idealizado pela cantora Andiara Freitas, ensina e estimula a participação de mulheres em rodas de samba, seja como cantoras ou instrumentistas.
 
Com oficinas de canto, violão, cavaquinho e percussão o grupo já reúne mais de 40 participantes, que se encontram semanalmente para momentos de musicalização. Pandeiro, tamborim, ganzá, surdo, repique e bandolim também fazem parte dos instrumentos musicais.
 
Além de incluir mulheres no samba, o projeto também tem como objetivo a valorização das já consolidadas sambistas do país, por isso, preza por um repertório primordialmente feminino, com músicas assinadas por nomes como Dona Ivone Lara, Clara Nunes, Mart’nália, Maria Rita, Beth Carvalho, Elis Regina, Maria Betânia, Roberta Sá, Teresa Cristina, Elza Soares, Elizeth Cardoso e mais.
 
“Exploramos grandes sucessos do samba composto por todas as pessoas, mas dedicamos um tempo especial para aprender músicas cantadas e / ou compostas por mulheres sambistas, para que reconheçamos, percebamos a pouca visibilidade das moças, passemos a valorizar ainda mais essas mulheres e nos tornemos propagadoras da artistas do gênero feminino”, comentou Andiara Freire, idealizadora e coordenadora do Projeto.
 
Dia Internacional da Mulher
 
Durante o mês de março, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o projeto tem três apresentações já confirmadas. Sábado, dia 7, a Roda de Samba das Moças se apresenta na praça de alimentação do Natal Shopping, às 18h; no domingo, 8, na varanda gourmet do Shopping Cidade Jardim, às 14h; e na terça-feira, dia 13, na Guarita, em frente a Capela São José (Alecrim), às 20h.

Postado às 07h45 | 06 março 2020 |

Inframérica isenta Governo do RN por quebra de contrato com a União

A governadora Fátima Bezerra foi comunicada oficialmente, na manhã desta quinta-feira (5), sobre a decisão unilateral do grupo Inframérica em devolver ao Governo Federal a responsabilidade pela operação do aeroporto de São Gonçalo do Amarante. Durante reunião, que contou com a presença do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio, o vice-presidente do grupo, Jean Dedjeian, isentou o Governo do Estado e a Prefeitura da responsabilidade perante a decisão e assegurou que a empresa continuará operando normalmente o aeroporto, sem qualquer prejuízo aos serviços e empregos, até que seja feita nova licitação pelo Ministério da Infraestrutura e a empresa vencedora assuma.

O grupo alegou que vem tendo prejuízos por questões contratuais e a rigidez do marco regulatório da aviação civil que não permitem ajustes no contrato de concessão e argumentou que os estudos de projeções de embarque e desembarque feitos no período da concessão, em 2011, não se consolidaram. Jean Dedjeian também reconheceu os esforços do Governo do RN para o crescimento e valorização da atividade turística e econômica no Estado.

O Governo do Rio Grande do Norte lamenta a decisão da empresa Inframérica e ressalta que o Estado não tem gerenciamento sobre o transporte aeroviário, competência exclusiva da União. Entretanto, o Governo do Estado, preocupado com a questão econômica, vai se reunir no início da próxima semana com o Ministério da Infraestutura e a Anac para tratar sobre o assunto.

A governadora lembra que por parte do Governo do Estado foram tomadas medidas de incentivo à atividade turística e econômica como o novo Programa de Estímulo ao Desenvolvimento Industrial (Proedi), a nova política de redução do ICMS de querosene de aviação, a iluminação do acesso ao aeroporto, atração de novos voos nacionais e internacionais – medidas que projetam um aumento de 15% no número de voos para o Rio Grande do Norte em 2020.

​ ​