BLOG - Arquivo SA

postado às 09h45 | 20 de abril de 2022

Infarto é mais perigoso em mulheres do que em homens

A cada 12 minutos, duas mulheres morrem em decorrência de cardiopatias no Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia. O número alarmante revela a necessidade da prevenção e de ações de conscientização. Dor ou desconforto na região do peitoral em forma de aperto, podendo irradiar para o braço esquerdo, as costas e o rosto, suor frio, palidez, falta de ar e sensação de desmaio, são sintomas preocupantes, por exemplo, de infarto. Este ataque cardíaco é diagnosticado de forma diferente entre os homens e as mulheres. 

''Isso acontece porque o coração de uma mulher é ligeiramente menor do que o de um homem, cerca de dois terços do tamanho. Existem pesquisas atestando também que as frequências cardíacas médias, por exemplo, são mais aceleradas no público feminino. Inclusive, a chance de termos um infarto é maior, pois temos artérias coronárias mais finas e maior tendência a sofrer com obstruções não apenas nas artérias principais, mas também nas menores, que fornecem sangue ao coração'', explica a cardiologista do Sistema Hapvida, Dra. Gisele Correia. 

A médica ressalta ainda que, de acordo com a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Brasil (Arpen-Brasil), entre 2019 e 2021, o número de infartos em mulheres de 20 a 29 anos cresceu 23%; na faixa etária de 30 a 39 anos, o aumento foi de 38%. ''Geralmente, as pacientes deixam de lado a existência de sintomas porque acabam associando ao estresse e cansaço. A consequência, infelizmente, é fatal. Por isso, incentivamos as consultas regulares a cada um ano para aquelas saudáveis e a cada seis meses para as que têm fatores de risco como hipertensão, diabetes e obesidade'', afirma a especialista. 

 



postado às 09h00 | 14 de abril de 2022

Detran trabalha conscientização e respeito à faixa de pedestres em Natal

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) realizou mais uma ação educativa na zona Sul de Natal, nessa quarta-feira (13). A intervenção focou as orientações na travessia de ruas e avenidas utilizando a faixa de pedestres. A medida de conscientização e alerta aos pedestres aconteceu na Av. Engenheiro Roberto Freire, na faixa situada em frente ao Vilarte.

Durante a ação, os técnicos do Detran abordaram diversos pedestres, ciclistas, motociclistas e condutores de outros veículos. As informações repassadas pela equipe do órgão de trânsito estadual apontavam para a segurança na travessia, lembrando a importância de fazer o “sinal da vida” para alertar os condutores, aguardar a parada dos veículos, e somente depois iniciar a travessia da avenida com segurança, evitando acidentes e preservando vidas.

A ação contou com a equipe do teatro pedagógico do Detran, composta por três atores vestidos de palhaços onde são apresentadas canções com temas de segurança no trânsito e abordagens lúdicas à população que circulava na área da intervenção educativa. “Esse é um trabalho de educação e conscientização importante, pois tem o objetivo de preservar vidas no trânsito. Também já faz parte das ações educativas do Detran que serão intensificadas durante o Maio Amarelo, que é um mês voltado a segurança, chamando a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo e como podemos mudar essa situação”, explicou o subcoordenador de Educação para o Trânsito do Detran, Flávio Câmara.

Outro ponto importante desenvolvido no decorrer da ação educativa foi a abordagem a ciclistas, motociclistas e condutores de veículos. A medida buscou orientar para o respeito a faixa de pedestres, a importância de reduzir a velocidade ao se aproximar desses locais e atender a solicitação das pessoas que sinalizam para atravessar ruas e avenidas. “Se os pedestres fizer a sua parte de sinalizar, aguardas a parada dos veículos e seguir, como também os motoristas diminuírem a velocidade ao visualizar a faixa dando preferência aos pedestres não haverá acidentes e teremos o trânsito que buscamos, ou seja, trânsito seguro”, concluiu Flávio Câmara.



postado às 09h00 | 14 de abril de 2022

Centros de Excelência em Negócios e em Empreendedorismo são reabertos em Natal

Após dois anos fechados e boa parte das atividades suspensas por conta da pandemia, dois Centros de Excelência em Negócios e em Empreendedorismo do Rio Grande do Norte foram reabertos nesta terça-feira (12), em Natal.

Dessa maneira, o Núcleo de Prática de Negócios (NPN) e o Empreende UnP retomam atividades presenciais, agregando valor às instituições parceiras locais que fomentam a prática profissional e a criação de novos negócios.

Sediados na Universidade Potiguar (UnP) da Unidade Roberto Freire, zona Sul da capital, os espaços promovem inovação e tecnologia, além de serem um diferencial no mercado de trabalho para estudantes, profissionais formados, pesquisadores e toda a cadeia produtiva potiguar.

Tais características foram reafirmadas em solenidade que marcou a reabertura das atividades. O evento também contou palestra do empreendedor Pablo Farias, fundador do Loucos por Coxinha, e lançamento dos 12 projetos de extensão da área de Negócios que serão executados ao longo do semestre 2022.1.

“Somos agentes transformadores. Tudo o que é executado aqui influencia no desenvolvimento individual, gera impacto na sociedade e transforma vidas. Essa é a nossa missão”, afirma o coordenador dos cursos da Área de Gestão e Negócios da UnP, professor Eduardo Arruda.

Tanto o Núcleo de Prática de Negócios quanto o Empreende UnP somam forças com instituições parceiras como Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern), Sebrae RN, Sistema Fecomércio (Sesc e Senac), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel RN) e Banco Santander.

Projetos de extensão

·         Comunicação Multiplataforma para Micro e Pequenas Empresas

·         Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX)

·         Núcleo de Apoio Fiscal e Contábil (NAF)

·         Sem Fronteiras

·         Modelo Potiguar das Nações Unidas (POTIMUN)

·         Conexão 101

·         Núcleo Estudantil de Treinamento e Serviço (NETS)

·         M de Mulher

·         PodMais

·         Mapeando Processos

·         Desenvolva-se

 Sustentabilidade Ambiental e Empreendedorismo



postado às 09h00 | 14 de abril de 2022

Domingo de Páscoa com Encanto no Bosque Encena

O Bosque Encena desse domingo (17) trará o espetáculo da B&P ENTRETENIMENTO, “ENCANTO, O MUSICAL” que conta a história de Mirabel Madrigal que nasceu em uma família de magos, mas é a única que não possui poderes. Aos 5 anos de idade, durante o seu rito de passagem, a avó duvidou por um instante de sua capacidade mágica, e por esse motivo ela se tornou diferente dos demais.

Mas no desenrolar da história, Mirabel, aquela que parecia ser a desprovida de poderes torna-se a responsável por ensinar os valores de afeto, amor e carinho que a família sempre prezou, mas havia deixado de lado na tentativa de preservar a todo custo a magia. Encanto nos fala de superação, aceitação das diferenças e nos passa valiosas lições.

Espetáculo: ENCANTO, O MUSICAL
Cia: B&P ENTRETENIMENTO
Local: ANFITEATRO PAU-BRASIL | PARQUE DAS DUNAS
End: AV. ALEXANDRINO DE ALENCAR, S/Nº - TIROL - NATAL/RN
Dia: 17 DE ABRIL
Hora: 10H
Acesso ao Parque: R$ 1,00 (UM REAL) – O ESPETÁCULO É GRATUITO!



postado às 08h45 | 14 de abril de 2022

Cartaz da Paixão de Cristo com Jesus entre mulheres gera polêmica

Um cartaz do espetáculo Paixão de Cristo publicado nessa quarta-feira (13) nas redes sociais da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, da Prefeitura de Teresina, gerou polêmica. No anúncio, a figura de Jesus Cristo aparece entre quatro mulheres com roupas decotadas.

De acordo com a publicação, as mulheres são as vencedoras de concursos de beleza Cecília Almeida, Emylle Costa e Gaby Lacerda. Ainda segundo a publicação, elas interpretarão os seguintes personagens: Demônio, Cláudia e Salomé, respectivamente.

No Facebook, a publicação conta com reações negativas. “Falta de respeito”, escreveu uma pessoa. A imagem também havia sido publicada no Instagram, mas foi removida pela página horas após a divulgação.

Com informações de g1 e Metrópoles



postado às 09h45 | 13 de abril de 2022

Geoparque Seridó recebe reconhecimento mundial da Unesco 

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – Unesco reconheceu, na manhã de hoje (13), o Geoparque Seridó como um território de relevância geológica internacional.  A partir desta quarta-feira (13), esse território rico nos aspectos geológicos, biológicos, culturais e históricos do povo seridoense passa a fazer parte oficialmente do Programa Internacional de Geociências e Geoparques da UNESCO.  

O resultado positivo coloca o Geoparque Seridó na seleta lista de Geoparques Mundiais da Unesco, que passa a contar com 177 geoparques em 46 países de todo o mundo, além de incluí-lo também na Rede de Geoparques Mundiais. Para o Prof. Marcos Nascimento do Departamento de Geologia da UFRN e Coordenador Científico do Geoparque Seridó a chancela da UNESCO é fruto de um trabalho coletivo. “Reconhecimento não somente por todas as atividades que foram realizadas nesses últimos 12 anos, mas também comprova que essa parte do Rio Grande do Norte tem um patrimônio geológico de relevância internacional, aliado a particularidades do restante do patrimônio natural e do patrimônio cultural, assim se tornando um lugar único no mundo. Essa visibilidade internacional favorecerá um maior desenvolvimento territorial por meio de práticas turísticas sustentáveis, aliadas a melhorias na educação e na conservação desses patrimônios únicos.”

A área do geoparque Seridó abrange área de 2.800 quilômetros quadrados e seis municípios com recursos naturais e construções humanas importantes: Cerro Corá - nascente do Rio Potengi, Carnaúba dos Dantas - Monte do Galo, Acari e Parelhas - açudes Gargalheiras e Boqueirão respectivamente, Currais Novos - Cânion dos Apertados e Mina Brejuí, e Lagoa Nova - Tanque dos Poscianos.

Em novembro de 2021, dois avaliadores da Unesco, com apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, estiveram nas seis cidades que compõem o Geoparque Seridó, na missão de avaliarem o território. “Recebemos com muito entusiasmo o aceite da Unesco. Agora o Rio Grande do Norte tem o segundo Geoparque do Brasil que além da relevância do ponto de vista da educação, ciência e cultura, há também o desenvolvimento turístico do Geoparque Seridó, tornando-se um produto inovador para o Estado do Rio Grande do Norte”, ressaltou a Governadora do Estado, Fátima Bezerra.



AUTOR

Saul Amorim